sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Copa do Mundo e o legado para as cidades-sede


Em setembro de 2011, o então Ministro do Esporte, Orlando Silva, declarou em seu discurso: “A Copa do Mundo funciona como uma espécie de catalisador. Temos uma grande oportunidade de executar planos de investimentos e de melhorar a qualidade dos serviços nas grandes cidades, sobretudo o transporte público.”. A fala do ministro justificava a vinda da Copa do Mundo ao Brasil pelo legado que seria deixado para as 12 cidades-sede. Pois bem, veremos agora, como transcorreram as obras de mobilidade urbana dois anos após as declarações de Orlando.

As promessas
O primeiro documento que elencava as obras da Copa divulgado em 2010 traz no seu planejamento 50 intervenções na área de mobilidade urbana somando um orçamento de mais de R$ 11 bilhões. Em 2012, entre substituições e cancelamentos de projetos, o projeto caiu para R$ 3 bilhões.

O último levantamento, divulgado esta semana, mostra o cancelamento de mais 14 obras divulgadas no cronograma inicial.  A cidade de Manaus, por exemplo, ficou sem nenhuma obra de mobilidade. Os dois projetos para a capital que estavam na Matriz de Responsabilidades da Copa foram excluídos, um deles sob suspeita de irregularidades na licitação.

Notícia do Portal da Copa em 2011

Em paralelo a esta realidade, as despesas com estádios aumentaram R$ 898 milhões, totalizando mais de R$ 8 bilhões gastos entre construção e reforma das 12 arenas que receberão os jogos. Apenas 50% dos estádios foram entregues até agora, a outra metade tem entrega prevista para o fim deste ano.


**Valores Aproximados                                                       Fonte: Portal Terra

A propaganda Petista
Para maquiar a realidade acima descrita, o governo do PT em seus relatórios está considerando as obras realizadas no entorno dos estádios como investimento em mobilidade, investimentos estes que não existem, tampouco existirão após 2014. A grande verdade é que o trânsito de nossas capitais está cada vez mais caótico e não comporta, nem mesmo, o dia-a-dia das grandes cidades... Imagina na Copa!


Veja mais em:



terça-feira, 26 de novembro de 2013

Verdade ou Mentira? Aécio Neves e o Voto Secreto

Circula pela web um e-mail que traz informações sobre a última votação pela aprovação do Voto Aberto no Senado, que está marcada para hoje. O texto traz a informação de que após votar favoravelmente pela aprovação na última reunião, Aécio Neves e os demais senadores do PSDB teriam “mudado de ideia” e estariam dispostos a atravancar a aprovação do projeto. Qual é a verdade neste texto?

O abaixo assinado.
O documento eletrônico, além das informações acima citadas traz o pedido para que os eleitores de Minas Gerais “convençam Aécio Neves a usar sua influência sob seus colegas do PSDB para apoiar o voto aberto total novamente”. Para isso, trazem o contato dos Gabinetes do Senador, além de Link para suas Redes Sociais e dicas de possíveis mensagens a serem enviadas:

“Confira os telefones do senador Aécio Neves em Brasília e em Minas Gerais, e vamos enchê-lo de ligações e mensagens! Veja abaixo algumas dicas do que dizer quando fizer sua ligação. Ligue agora e depois clique abaixo para enviar uma mensagem no Facebook e Twitter:
  • V. Exa deve mostrar seu compromisso com os cidadãos brasileiros e escutar a voz de quase 700 mil pessoas que pedem pelo fim do voto secreto no Congresso.
  • Como um cidadão mineiro, peço que V. Exa mostre sua liderança e trabalhe com os outros senadores para garantir que o voto aberto total seja aprovado, para que nossos representantes não se escondam mais atrás do voto secreto.
  • O fim do voto secreto é um pedido dos seus eleitores. Peço que V. Exa dê uma resposta ao povo e seja lembrado como alguém que defendeu mais transparência na democracia brasileira.
Verdadeiro ou Falso?
A informação é FALSA.
O PSDB e o Senador Aécio defendem o voto aberto para tudo, principalmente perda de mandatos, mantendo secretas apenas as votações que analisem os vetos presidenciais, a fim de impedir que o governo federal faça pressões sobre parlamentares e evitando que o Congresso fique refém do executivo.
Após a Sessão em que o fim do voto secreto foi aprovado, no dia 13 de novembro, o Senador deixou claro seu posicionamento em entrevista:
Vamos aprovar o fim do voto secreto até sem a exclusão dos vetos. Se a opção for entre ficar como está e aprovar o fim do voto secreto para tudo, prefiro aprovar o fim do voto secreto para tudo”.

O PSDB apresentou esta tese em projeto que foi aprovado no Senado, mas ficou anos parado na Câmara. Se já tivesse sido aprovado, casos como do Deputado Donadon que não foi cassado (voto secreto), não aconteceriam. Ou seja, se fosse de interesse do governo, esta pauta já teria sido votada.
Mas porque agora o governo e sua base estão tão interessados em deliberar esse projeto? Abrindo todas as votações, o PT aumenta seu Poder de Pressão sobre o Congresso, principalmente no caso dos vetos, cada vez mais, o Brasil caminha rumo a uma ditadura Chavista.

Para finalizar, informamos que os integrantes do Avaaz que subscrevem estas petições são conhecidos militantes da esquerda, e o site é mais uma das mídias compradas pelo PT para espalhar mentiras na web.

Esclarecendo os Fatos: Aécio Neves Réu?



Um texto que circula pela web sugere que o Senador Aécio Neves será indiciado pelo envolvimento no chamado “mensalão mineiro”. Qual será a verdade neste fato?
O caso de que trata o texto, aconteceu no ano de 1998, e acusa o então governador Eduardo Azeredo (PSDB) de transferir recursos públicos de estatais mineiras para a empresa de comunicação Marcos Valério, justificada pelo patrocínio a eventos esportivos. Segundo a acusação, parte deste recurso teria sido destinada para financiar a reeleição de Eduardo Azeredo. Até hoje, nada foi comprovado a respeito do caso.

Análise da reportagem
A reportagem que traz o fato foi postada no dia 21 de novembro pelo Novo Jornal, canal de imprensa mineiro conhecido por sua evidente preferência à esquerda.
Em determinado ponto do texto, o autor cita:
“Aécio recebeu R$ 110.000,00 do esquema criminoso, conforme consta nas pág. 14 e 15 do relatório da Polícia Federal. Fontes da PGR informam que a denúncia correrá separada da Ação Penal a que já responde o ex-governador e atual deputado federal Eduardo Azeredo. Fato idêntico ao que vem ocorrendo em relação ao senador Clesio Andrade. Na nova denúncia, segundo a mesma fonte da PGR, constaria além de Aécio Neves, mais nove deputados federais.” O autor oferece o relatório da Polícia Federal como suposta prova, visivelmente numa tentativa de ludibriar o leitor. O relatório de que trata o texto não põe nenhum momento Aécio Neves como réu do processo. Fica evidente durante toda leitura, que o autor tenta induzir os leitores, colocando no mesmo padrão o caso mineiro e o escândalo Petista, que tem proporções infinitamente maiores.

Conclusão
O PT quer tirar o foco do verdadeiro escândalo, o mensalão, e para isso segue a espalhar boatos com o intuito claro de enfraquecer o principal adversário de Dilma nas eleições de 2014. A proximidade das eleições tende a aumentar o número de ataques deste tipo feitos ao Senador, mas contrário dos petistas, que defendem os seus colegas corruptos e agem como se nada fosse, Aécio Neves defende a verdade, o esclarecimento e resolução deste caso o mais brevemente possível.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

A Farsa do Programa Mais Médicos



Neste vídeo, o Jornalista Alexandre Garcia comenta a respeito da farsa do Programa Mais Médicos. Calcula-se que em três anos, o governo de Cuba receberá cerca de 1 bilhão e 500 milhões de reais por ceder os médicos ao Brasil.
Enquanto o dinheiro público é gasto, o PT se beneficia fortalecendo sua aliança com países socialistas, e de lambuja ainda ganha Propaganda Eleitoral gratuita.


video


Dúvidas? Clique em: